Publicidade
Quarta-feira, 20/09/2017
Busca
Buscar
Facebook
Twitter
RSS
Cadastre seu e-mail em nossa newsletter

Gestantes

Esta seção vai ajudar as gestantes a entenderem melhor o milagre da gravidez

Mães estressadas podem gerar filhos intolerantes

O estresse é a doença do século XX, há pelo menos três  séculos, a doença representava aflição, hoje representa pressão.

Considerando as cobranças do dia a dia, a doença é vista como porta de entrada para depressão, enfarte entre diversas outras doenças.  De acordo com a Organização Mundial de SAÚDE (OMS ), nos próximos 20 anos, a depressão deve se tornar a doença mais comum do mundo, afetando mais pessoas do que os problemas cardíacos, isso tudo atribuído ao estresse.

Em um artigo publicado aqui no Portal Filhos e Cia, comentamos sobre os  malefícios e as consequências que o estresse pode trazer à  gestação e ressaltamos que estudos mostram que o estresse feminino em relação à gravidez é três vezes maior que o do homem, ocasionando  o nascimento prematuro do bebê, pressão alta, depressão pós-parto e até aborto espontâneo.

Recentemente um estudo divulgado pela Revista  Translational Psychiatry  revelou que o estresse da mãe grávida atinge o bebê em seu útero, e que esse estresse atinge a criança ao longo da vida. Especialistas concluíram que os bebês que recebem da mãe esse sinais, são menos tolerantes e sensíveis ao estresse. Para os estudiosos, o que ocorre é uma alteração biológica em um receptor de hormônios associados ao estresse em fetos cujas mães sofreram tensão intensa.

Especialistas que desenvolveram o estudo  falam que é possível que essas crianças possam vir a desenvolver doenças mentais no futuro. Isto foi concluído após uma análise com os genes das mães e dos filhos adolescentes.

Alguns desses jovens apresentavam alterações em um gene, o receptor de glucocorticóide, que regula a resposta hormonal do organismo ao estresse. Essa alteração é provocada pelo estado emocional  da mãe durante a gravidez.

Equipe Filhos & Cia.
Por Marcela França

 
Deixe seu comentário:
Nome:
E-mail* ( Seu e-mail não será divulgado! )
Comentário*
 
Gestação Semana a semana

E-mail

Senha