Publicidade
Sexta-feira, 15/12/2017
Busca
Buscar
Facebook
Twitter
RSS
Cadastre seu e-mail em nossa newsletter

Bebês até 1 ano

Tudo o que você precisa saber sobre as primeiras descobertas da criança estão aqui. Entenda o que acontece durante essa fase, desde recém nascidos até o primeiro ano de vida!

Cuidados básicos com os dentinhos do bebê

DIETA

O melhor e mais completo alimento para o bebê é o leite materno. O aleitamento materno exclusivo, até os 6 meses, além de permitir um desenvolvimento facial harmônico, diminui a possibilidade de ingestão de alimentos contendo açúcar.
O desmame deve ser feito gradativamente, podendo ser realizado da seguinte maneira:

  • 0 – 6 meses: aleitamento materno exclusivo;
  • 3 – 4 meses: introdução de sucos de frutas;
  • 4 – 5 meses: introdução de papas de frutas;
  • 5 – 6 meses: introdução de papas de legumes;
  • 6 – 12 meses: alimentos semissólidos;
  • 12 – 18 meses: desmame e introdução alimentos sólidos;
  • 18 – 24 meses: alimentação da família;
  • 24 meses em diante: exclusão total da amamentação ou da mamadeira

É óbvio que o roteiro acima é uma sugestão e o bebê deve ter acompanhamento pediátrico e a vontade da mãe quanto ao desmame deve ser sempre respeitada e orientada.

É importante lembrar que a natureza é sábia e se os dentes estão nascendo é porque a criança precisa mudar de alimentação para o perfeito desenvolvimento de todo aparelho estomatognático, o que vai favorecer várias funções: mastigação, deglutição, fonação e respiração.

A dieta é o elemento mais difícil para o profissional trabalhar, pois hoje em dia muitas famílias, principalmente com pais jovens, não apresentam uma alimentação adequada, balanceada e regular, sem horários fixos para as refeições principais e com o consumo exagerado de açúcares, salgadinhos, refrigerantes, etc., hábitos esses que serão copiados pela criança.

HIGIENE

Antes do nascimento dos dentinhos, a limpeza da cavidade oral deve ser feita com delicadeza, utilizando gaze ou paninho ou toalha umedecida com água filtrada, esfregando levemente sobre todo o rebordo gengival, bochechas e língua, uma vez ao dia ou quando achar necessário, para que a criança vá incorporando esse hábito à sua rotina. Podemos também utilizar dedeiras, normalmente confeccionadas em silicone.

Quando nascerem os primeiros dentinhos devemos utilizar uma escova própria para essa idade (cabeça pequena e cerdas macias), com água filtrada ou pasta de dente sem flúor, sempre retirando o excesso para a criança criar o hábito que não deve engolir a pasta.

HÁBITOS

O recém-nascido está numa fase oral e é importante que ele faça um exercício de sucção adequado para o perfeito desenvolvimento orofacial. Isso é conseguido com o aleitamento materno adequado. Porém, alguns hábitos como o uso de mamadeira, sucção de chupeta e dedo (considerados não nutritivos), podem atrapalhar esse desenvolvimento, causando problemas como maloclusões (mordidas abertas e/ou cruzadas), deglutição atípica, além de risco de infecções orofaríngeas e, portanto, devem ser evitados, principalmente para as crianças cujos pais e parentes próximos já apresentem alguma alteração, pois o componente genético é muito evidente. Para outras crianças não observamos maiores problemas mesmo com esses hábitos até 2 ou 3 anos de idade.

Como sempre o importante é o acompanhamento profissional periódico para avaliar os riscos de alterações e saber identificar se esses hábitos são considerados normais ou se tem algum componente emocional envolvido.

Dr. Marcio Franzese
Odontopediatra

 

 
Deixe seu comentário:
Nome:
E-mail* ( Seu e-mail não será divulgado! )
Comentário*
 
Gestação Semana a semana

E-mail

Senha