Publicidade
Domingo, 17/12/2017
Busca
Buscar
Facebook
Twitter
RSS
Cadastre seu e-mail em nossa newsletter

Sem categoria

Gravidez, uma beleza especial

Quando se fala que a mulher adquire uma beleza especial na gravidez talvez estejamos percebendo, além da felicidade da espera, seus seios maiores e mais firmes, cabelos mais bonitos e volumosos, os olhos brilhantes pela ação hormonal, os lábios mais cheios.

De fato, a natureza trabalha para que a “fêmea” torne-se, nesta fase especialmente, atraente para o “macho”. Pelo menos para o macho primitivo, justamente para que ela possa mantê-lo a seu lado durante os nove meses, protegendo-a e amparando-a a si e ao futuro bebê. O organismo todo se prepara para abrigar um bebê que deverá crescer muito nos próximos meses. O corpo feminino embebe-se de líquidos para criar um ambiente agradável para o feto, favorável, seguro, resistente aos choques. O abdômen se distende progressivamente, paralelamente ao aumento do útero. Os quadris arredondam-se e alargam-se ligeiramente.  Vasos podem tornar-se mais dilatados, visíveis em pernas e coxas, ou simplesmente traduzindo-se em faces mais rosadas, por reflexo do incremento global da circulação sanguínea.

Alguns aspectos merecem especial atenção:

  • Prevenir as Manchas é essencial, pois a grávida tem especial vulnerabilidade à luz solar, desenvolvendo com facilidade o chamado Cloasma, mancha escura castanha que pode aparecer na face, bochechas, testa e buço. Use filtro solar diário. Fator 15 é importante, especialmente a partir do 3º mês, Na praia, piscina e caminhadas, melhor ainda usar filtro solar com FPS pelo menos 30, além de proteção física: chapéus ou viseiras.
  • Estrias devem ser evitadas e prevenidas com muita dedicação, pois causam desgosto e desanimo, após o parto! A prevenção mais eficaz é não engordar demasiadamente, não mais que 12 kg,…Não há pele que resista a uma distensão exagerada . Claro que o abdômen deverá aumentar bastante, mas se não houver aumento de peso desnecessário, a pele poderá agüentar o estiramento sem se romper. Para isso deverá estar bem hidratada e lubrificada. Recomenda-se o uso de hidratantes potentes, contendo ativos altamente eficientes, como uréia, silicones, colágeno, vitamina E, extratos de avelã, ou macadamia, ou uva, ou amêndoas, lactatos, etc, em cremes que devem ser usados diariamente nas regiões mais críticas, tais como abdome, busto, lateral das coxas. A consistência dos cremes pode ser mais lubrificante, encorpada, deixando uma camada fina e brilhante.
  • A alimentação com mais proteína do que excesso de carboidratos, (massas açucares, doces, pães) também é essencial para preservar a beleza.
  • Pode haver uma tendência a cravos, poros dilatados, obstruções e espinhas. Por isso esta fase exige que a limpeza diária da pele do rosto se faça com eficiência e simplicidade, sem cansar a gestante, mas limpando, livrando a pele em profundidade de suas impurezas. Para as que têm certa tendência à oleosidade, no centro da face, o ideal é usar um sabonete para pele mista ou oleosa, à base de acido salicílico que limpe profundamente, seguido por uma loção hidroalcoólica, adstringente ou Tonica, que se passe com algodão, tirando os resíduos restantes de poluição, maquilagem e secreções naturais, complementando a limpeza em profundidade.
  • Os cabelos, sendo uma das armas de beleza da grávida, devem estar em seu melhor momento, podem ser lavados à vontade, de acordo com o tipo e necessidade de cada mulher, para que fiquem soltos e bem ajeitados, contribuindo muito para o aspecto geral radiante, elegante e “majestático” da grávida. Raízes oleosas podem ser corrigidas com shampoos à base de zinco ou sulfacetamida. Eles crescem muito nesta fase, pode ser uma boa hora para deixá-los mesmo maiores em comprimento, explorando a feminilidade dos cabelos longos e vistosos, como uma arma útil para chamar a atenção para a cabeça, no momento que a cintura e a barriguinha estiverem maiores.
  • Celulite pode aparecer ou se tornar mais evidente nesta fase devido à retenção natural de líquidos e aumento de peso. Não deve preocupar demais pois tende a desaparecer após alguns meses do parto. Deve-se, no entanto, sempre ter em mente o controle do peso. Exercícios moderados, autorizados pelo obstetra ajudam muito a gastar calorias indesejadas, já que a fome é pronunciada neste período e pode levar ao fácil ganho de peso. Caminhadas, musculações suave e bem orientada são muito eficientes, evitando inchaços, obesidade e indisposição, permitindo que a grávida pareça linda e bem disposta.
  • Alergias, intolerâncias, podem ocorrer e devem ser imediatamente comunicadas ao médico que acompanha a gestação.

Ligia Kogos
Dermatologista

 
Deixe seu comentário:
Nome:
E-mail* ( Seu e-mail não será divulgado! )
Comentário*
 
Gestação Semana a semana

E-mail

Senha