Publicidade
Sexta-feira, 15/12/2017
Busca
Buscar
Facebook
Twitter
RSS
Cadastre seu e-mail em nossa newsletter

Sem categoria

Dicas para escolher a escola do seu filho

Esta é a época dos pais começarem a pensar na escola para os filhos em 2012. É uma decisão difícil. A nova escola será uma pequena comunidade que vai fazer parte na vida do seu filho e consequentemente também da sua família. Vocês terão de participar de festas, feiras e todas as atividades escolares.

Vá visitar a escola várias vezes e em horários diferentes. Converse com os diretores e coordenadores. Não tenha vergonha de fazer várias perguntas.

Não importa qual seja a sua escolha. O mais importante é confiar na escola. Isto fará muita diferença na adaptação e no aproveitamento do seu filho.

Primeiro vou dar uma idéia geral de algumas linhas pedagógicas e depois dar algumas orientações para facilitar a decisão:

  • Escolas bilíngües – o aluno é ensinado em duas línguas simultaneamente: na língua materna e em uma língua estrangeira;
  • Escolas internacionais – essas escolas seguem os currículos estrangeiros. Normalmente dos países que representam e preparam os alunos para cursarem o nível superior em países estrangeiros;
  • Escola Waldorf – foi criada pelo alemão Waldorf. Visa o desenvolvimento de seres humanos capazes de por eles próprios dar sentido e direção. A Pedagogia Waldorf é um dos desenvolvimentos das teorias de Rudolf Steiner além da medicina antroposófica e da agricultura biodinâmica;
  • Método Montessori – foi criada por Maria Montessori na Itália após a Segunda Guerra Mundial. Os princípios básicos são a atividade, a individualidade e a liberdade. Sendo assim, a criança é livre para agir sobre materiais preestabelecidos. Ela criou vários materiais que são usados nas escolas montessorianas;
  • Filosofia Construtivista – privilegia a participação e o raciocínio do aluno. A experimentação e participação em grupo é incentivada. Os projetos exigem pesquisa e desenvolvimento do raciocínio;
  • Escola tradicional – prioriza o conteúdo ao invés do raciocínio e prepara para exames que exijam o conhecimento acumulado. Crianças com dificuldades de aprendizagem se sentem mais seguras nesse tipo de escola;
  • Escolas religiosas – essas escolas seguem os princípios básicos da religião a que pertencem. Verifique se a sua família concorda com os valores da religião ensinada na escola.

Alguns pontos a serem considerados na escolha, mas não necessariamente nessa ordem:

  • Alimentação – muitas crianças hoje almoçam na escola. É necessário verificar como é o funcionamento da cantina. Se a alimentação tem a orientação de um nutricionista. Se os hábitos alimentares da escola combinam com os hábitos da família;
  • Infraestrutura – observe a área de lazer. Como são as classes fisicamente? Tem espaço para as crianças e adultos se movimentarem? Como é feita a iluminação? Verifique e pergunte sobre a segurança e a limpeza da escola;
  • Mensalidade – confira a mensalidade e os custos extras antes de matricular o seu filho. Se você não puder arcar com passeios e atividades extracurriculares o seu filho poderá se sentir excluído socialmente;
  • Perfil do seu filho – cada criança tem uma personalidade e poderá ou não combinar com o perfil e exigências da escola. Uma criança poderá precisar de uma escola mais voltada para atividades artísticas enquanto outra irá precisar de uma escola com regras claras a serem seguidas;
  • Localização – com o trânsito das grandes cidades escolha uma escola que alguém possa estar por perto em caso de emergência. Prefira aquelas perto da sua casa ou do trabalho;
  • Avaliação – como é feita a avaliação? Esse é um ponto importante, pois, algumas crianças podem se sentir melhor sendo avaliadas através de provas e outras através de projetos;
  • Lição de casa – as lições de casa são longas? Tem famílias que dedicam tempo para as lições de casa e outras não. Decida a importância da lição de casa segundo os seus hábitos familiares para que o seu filho não se prejudique;
  • Biblioteca – verifique se a biblioteca da escola tem livros adequados a cada faixa etária e em quantidade suficiente para incentivar o seu filho a leitura;
  • Mobiliário – é muito importante que o mobiliário da escola seja apropriado a idade e altura do seu filho.

Betina Serson
Psicopedagoga

 

 
Deixe seu comentário:
Nome:
E-mail* ( Seu e-mail não será divulgado! )
Comentário*
 
Gestação Semana a semana

E-mail

Senha