Publicidade
Quarta-feira, 13/12/2017
Busca
Buscar
Facebook
Twitter
RSS
Cadastre seu e-mail em nossa newsletter

Bebês até 1 ano

Tudo o que você precisa saber sobre as primeiras descobertas da criança estão aqui. Entenda o que acontece durante essa fase, desde recém nascidos até o primeiro ano de vida!

9 dicas para um lanche saudável na escola

O lanche é fundamental do ponto de vista nutricional. As crianças em idade escolar, no qual há um desenvolvimento de atividades físicas (brincadeiras, pular correr) e intelectuais (capacidade de concentração, familiarização com letras e números), devem consumir refeições saudáveis. O lanche não é o vilão que tira o apetite das crianças antes das principais refeições. O horário do lanche escolar, a qualidade e quantidade de alimentos é que devem ser selecionados.

A seguir dicas para o preparo de lanches nutritivos para seu filho:

  1. Inclua um líquido para repor as perdas hídricas ocorridas durante as atividades físicas. Ofereça a bebida acondicionada em garrafas térmicas. Bons exemplos de bebida nutritiva são: água de coco, suco de fruta natural caseiro ou versões industrializadas pasteurizadas sem adição de açúcar, edulcorantes artificiais e conservantes.
  2. Inclua uma fruta para enriquecer o lanche com vitaminas, minerais, água e fibras. As mais práticas são as que podem ser consumidas com casca ou cuja a casca pode ser retirada com facilidade (pêra, maçã, banana, ameixa, pêssego, tangerina, uva);
  3. Inclua um tipo de carboidrato para fornecer energia gasta durante as brincadeiras. Acrescente pães (integral, de fôrma, sírio, broa de milho e outros) e bolachas integrais. Uma sugestão é preparar bolos nutritivos com açúcar mascavo, frutas, verduras, frutas secas e nozes;
  4. Inclua um tipo de proteína para fornecer matéria prima para a construção e manutenção de tecidos do corpo. Ofereça laticínios como queijos e iogurtes, se possível na forma de orgânico para evitar o excesso de antibióticos e hormônios. Também pode-se usar frios com baixo teor de gordura, pasta de soja e de grão de bico. Cuidado com a quantidade, pois são apenas parte do lanche;
  5. Existem lanches industrializados que agradam às crianças e são nutritivos. Leia atentamente os rótulos;
  6. Evite barrinhas de cereais com chocolate e com menos de três gramas de fibra por porção. Prefira barrinhas de granola, com mix de frutas secas e de quinua, que são mais nutritivas e contém mais fibras e menos açúcar;
  7. Não utilize produtos diet e light. Estes são pobres em energia e ricos em produtos químicos;
  8. Evite alimentos ricos em açúcar e gorduras saturadas como chocolates, doces, balas, refrigerantes e salgadinhos. Estes alimentos saciam e roubam a cena do almoço e jantar, pois são excessivamente calóricos e não têm valor nutricional;
  9. Para manter boas condições de higiene arrume os alimentos na lancheira da seguinte forma:
  • use lancheira térmica para conservar e evitar a alteração da temperatura dos alimentos;
  • guarde cada alimento separamente e bem embalado afim de evitar troca de aromas, interferindo no paladar da criança;
  • guarde os alimentos longe dos materiais escolares que as crianças levam para a escola;
  • mande as frutas já lavadas e secas e envolva o sanduíche ou biscoitos em papel filme.

Drª Isabel Jereissati
Nutricionista pós-graduada em Nutrição Clínica Funcional e em Nutrição Materno-infantil

 

 
Deixe seu comentário:
Nome:
E-mail* ( Seu e-mail não será divulgado! )
Comentário*
 
Gestação Semana a semana

E-mail

Senha