Publicidade
Quarta-feira, 13/12/2017
Busca
Buscar
Facebook
Twitter
RSS
Cadastre seu e-mail em nossa newsletter

Crianças de 2 a 6 anos

As melhores dicas de desenvolvimento, saúde, educação, comportamento e entretenimento para os pequenos.

4 Dicas para controlar a raiva

Com as pressões e todas as responsabilidades do dia-a-dia fica muito complicado não sentir raiva em determinados momentos. Todos somos humanos e algumas vezes não conseguimos nos controlar. Nessas horas descontamos na família e criamos situações em que acabamos magoando os outros. Depois que esses momentos passam podemos resolver a situação mais racionalmente.

Confira 4 dicas que podem ajudar no controle da raiva:

  1. Cure as suas raivas anteriores
    Tente ver no seu passado o que lhe causou mágoa e tente deixá-la para trás. Não misture o seu filho com quem te causou mágoa no passado. Lembre-se de que o seu filho irá se espelhar no seu comportamento para se comportar. Uma criança que tem o pai ou a mãe sempre agressivos terá um comportamento que reflete essa raiva.
  2. Coloque em perspectiva
    As crianças aprendem, desde muito cedo, o que faz os pais ficarem irritados. Para ajudar a colocar em perspectiva pelo que vale a pena brigar escreva em um papel duas colunas, na primeira coloque o que seu filho faz que pode ser relevado e na outra o que é realmente importante brigar. Sempre que escrevemos fica mais fácil visualizar como existem várias situações em que relevar é a melhor política.
    Existem algumas sentenças que podem ajudar a colocar a raiva em perspectiva. Repita para você mesmo:
    - Acidentes acontecem;
    - Eu sou o adulto da situação;
    - Manterei a calma e todos aprenderão alguma coisa da situação.
  3. Faça da raiva uma aliada
    O lado bom da raiva é que nos faz agir para tentar solucionar um problema que está nos incomodando. Quando estiver mais calmo tente racionalmente achar uma solução para o seu problema. Se precisar evitar uma pessoa que te deixa irritado, faça isso. Se não puder evitar, você poderá relevar um pouco o comportamento do outro ao racionalizar sobre a situação.
  4. Conscientize-se: o que te faz sentir raiva?
    Veja o que te faz sentir raiva e evite determinadas situações. Se ir a um jantar em família te faz sentir raiva, tente evitar esses encontros. Dê uma desculpa. Com certeza existem determinadas situações que não podemos evitar. Nessa hora, seja o mais assertivo possível e não deixe o outro estragar o seu dia.

Betina Serson

Psicopedagoga

 
Deixe seu comentário:
Nome:
E-mail* ( Seu e-mail não será divulgado! )
Comentário*
 
Gestação Semana a semana

E-mail

Senha