Publicidade
Sexta-feira, 15/12/2017
Busca
Buscar
Facebook
Twitter
RSS
Cadastre seu e-mail em nossa newsletter

Tentando engravidar

Dificuldades para engravidar ? Aqui tentaremos tirar as suas dúvidas e ajudar você a realizar esse sonho

Infertilidade nem sempre tem causa aparente

A ISCA (Infertilidade sem causa aparente) é a incapacidade de conceber sem motivo diagnosticável. Ou seja, quando um casal não atinge a concepção mesmo quando todos os fatores sejam favoráveis. Esses fatores são considerados favoráveis quando o casal compartilha união ativa após dois anos; quando não é usado nenhum tipo de método contraceptivo; quando os exames de investigação do problema não determinaram nenhum fator de causa.
Com a evolução do serviço de Reprodução Humana, as chances de ter filhos têm aumentado, cerca de 90% dos casais conseguem descobrir, quais são as causas da infertilidade.
Métodos que tem sido usado para tratar a infertilidade sem causa aparente com sucesso, são medicamentos para a infertilidade e/ou inseminação intrauterina (é o depósito de espermatozoides dentro do útero, uma técnica simples, rápida – 3 a 5 minutos – é praticamente indolor. É feita na sala de ecografia, não havendo necessidade de anestesia e semelhante a uma coleta de preventivo, os espermatozoides são depositados através de um cateter que transpassa o colo do útero).
Os programas de Reprodução assistidas têm um índice de sucesso de gravidez através da fertilização in vitro (fin) com uma variável de 35 a 55 por cento.
São muitos os fatores que comprometem o sucesso da gravidez, especialmente a idade da mulher e os motivos de sua infertilidade.
Para que haja ovulação na mulher, pelo menos um óvulo precisa funcionar. Já nos homens pelo menos um testículo e seu sistema de ductos, devem ser capazes de produzir e transportar espermas.
Alguns testes podem ser adicionados na tentativa de solucionar a infertilidade sem causa aparente:
* teste de compatibilidade muco-sêmen em lâmina;
*teste de penetração em óvulo de hamster (o teste de hamster ou o teste de penetração do espermatozoide, mede a capacidade do espermatozoide de sofrer capacitação, o processo que faz com que ele penetre no óvulo);
* dosagem de FSH basal no 3o dia do ciclo;
*dosagens de TSH, T3, T4 além de uma avaliação psicológica do casal, que é fundamental.

Não é nada fácil precisar a percentagem de casais com esterilidade sem causa aparente. Estudos mostram incidência de 10 a 20% de casais estéreis.
A investigação do casal infértil é simples quando são detectadas causas evidentes. Muitas situações são menos claras e as provas atualmente disponíveis exigem um elevado grau de interpretação.

Equipe Filhos & Cia
Por Marcela França

 
Deixe seu comentário:
Nome:
E-mail* ( Seu e-mail não será divulgado! )
Comentário*
 
Gestação Semana a semana

E-mail

Senha