Publicidade
Domingo, 24/09/2017
Busca
Buscar
Facebook
Twitter
RSS
Cadastre seu e-mail em nossa newsletter

Crianças de 2 a 6 anos

As melhores dicas de desenvolvimento, saúde, educação, comportamento e entretenimento para os pequenos.

Dicas para formar uma família saudável

A minha primeira ideia é de ajudar as famílias a criarem uma conexão para criar boas lembranças. As famílias saudáveis emocionalmente podem dar às pessoas um senso de pertencer a um grupo e uma auto estima que vai ficar para o resto da vida. Não é necessário muito tempo ou dinheiro para deixar bons momentos para todos. Basta acrescentar algumas atividades ao dia-a-dia.
As atividades familiares não demandam muito dinheiro ou preparação. Na verdade o mais importante para as crianças é a sua atenção e tempo.

O planejamento das atividades não deve ser uma tarefa pesada e difícil para os pais. Aqui vão algumas dicas ao planejar as atividades:
- Alterne atividades planejadas e não planejadas. Não planeje atividades muito elaboradas.
- Seja flexível quando alguma atividade não sair como planejada ou tiver que mudar algumas regras. Encare essa situação com bom humor.
- Ao planejar pense em atividades que vão agradar a todos ou pelo menos vão ser toleradas no começo até que se torne um hábito.
- Marque as atividades com antecedência para que todos possam colocar na agenda e participar.
- Faça da sua família e dos momentos familiares uma prioridade.

Esses momentos e atividades em família ajudarão a criar uma família unida e com pessoas maduras para enfrentar os obstáculos da própria vida.
As crianças que são criadas com um sentimento de pertencer a um grupo e risos têm menos chances de se envolverem com drogas ou bebidas. Não quero dizer que seja necessário um pai e uma mãe em uma família com estrutura tradicional para que isso aconteça.

Aqui vão 4 dicas para formar uma família saudável:
1- Rotina e tradições: a rotina e as tradições dão a sensação de conforto e baixam a ansiedade. Além de dar a sensação de saber quais as expectativas dos pais.
2- Comunicação: cada membro da família precisa se sentir ouvido e aprender a ouvir. A comunicação fará com que cada um se sinta confortável para se expressar.
3- Amor incondicional: cada um precisa se sentir amado e aceito pela família.
4- Rir: talvez este seja o mais importante e o mais esquecido das quatro dicas. As famílias que riem e se divertem juntas permanecem juntas.

A escolha quanto a herança que você vai querer deixar para os seus filhos é sua. Pense que os bens materiais são muito importantes, mas acima de tudo ficam as lembranças. Cabe a você escolher se vai deixar lembranças boas e gostosas ou ruins.

Betina Serson
Psicopedagoga

 
Deixe seu comentário:
Nome:
E-mail* ( Seu e-mail não será divulgado! )
Comentário*
 
Gestação Semana a semana

E-mail

Senha