Publicidade
Segunda-feira, 25/09/2017
Busca
Buscar
Facebook
Twitter
RSS
Cadastre seu e-mail em nossa newsletter

Gestantes

Esta seção vai ajudar as gestantes a entenderem melhor o milagre da gravidez

Atividade física intensa e a relação com o baixo peso do bebê

O estímulo de um estilo de vida ativo durante a gestação têm sido proposto há mais de 25 anos.  Algumas pesquisas recentes relatam uma diminuição do risco de doenças como diabetes e pré-elâmpsia quando as mulheres realizam atividade física ante e durante a gestação.

A intensidade de atividade física recomendada para as gestantes deve ser de leve á moderada independente do nível de aptidão física da mulher antes da gestação. A intensidade das atividades não estão unicamente relacionadas à pratica de exercícios físicos, mas também às atividades da vida diária (doméstica e ocupacionais e atividades de trabalho).

Evidências científicas relacionam a realização de atividades físicas vigorosas com o nascimento de bebês prematuros e/ou com baixo peso. O grau de normalidade para o peso de bebês é maior ou igual á 3 quilos, sendo que o peso entre 2,5 e 3 quilos é considerado peso inadequado e abaixo de 2,5 quilos é considerado baixo peso. O excesso de peso ao nascer (acima de 4 quilos) também não é saudável, pois bebês grandes têm maior risco de obesidade e diabetes. Por outro lado os bebês com baixo peso tem maior risco de mortalidade e doenças cardiorrespiratórias.

Atividades vigorosas nas atividades diárias como lavar roupa, cozinhar em que a mulher permaneça em pé por mais de 2,5 horas, pode aumentar o risco de bebês com baixo peso em até 3 vezes mais (dados nacionais).

Outras atividades ocupacionais como carregar peso (5-20kg) várias vezes ao dia, subir escadas mais de 10 vezes ao dia, ou carregar água do poço até a residência como acontece em mulheres de zonas rurais.

Estudos relatam redução de 351g nos recém nascidos das mulheres que trabalhavam mais de 40 horas semanais com altos índices de esforço como: permanecer em pé, andando ou carregando objetos.

Com relação às atividades de lazer e exercícios físicos, foram observados efeitos negativos no peso do bebê, apenas em mulheres que mantiveram o treinamento vigoroso obrigatório das Forças Armadas após a 28ª semana de gestação.

Intensidades leves á moderadas nas atividades de lazer e exercícios não provocam redução do peso ao nascer ou prematuridade. De maneira geral, estas atividades parecem promover um efeito protetor do baixo peso dos recém nascido.

Desta forma, as atividades vigorosas sejam nas atividades domésticas, ocupacionais, lazer ou exercícios não são recomendadas, pois podem diminuir o fluxo de sangue para o útero e diminuir o aporte de nutrientes e oxigênio para o bebê, levando ao menor desenvolvimento e crescimento fetal.

Busque profissionais que possuem conhecimento sobre tais fundamentos, pois apenas desta forma você terá indicações e prescrições de atividade física com segurança.

Drª Valéria Almeida
Professora de Educação Física

 

 
Deixe seu comentário:
Nome:
E-mail* ( Seu e-mail não será divulgado! )
Comentário*
 
Gestação Semana a semana

E-mail

Senha