Publicidade
Quarta-feira, 13/12/2017
Busca
Buscar
Facebook
Twitter
RSS
Cadastre seu e-mail em nossa newsletter

Crianças de 7 a 12 anos

As melhores dicas reunidas, desde a fase dos "porquês" até a pré-adolescência.

A puberdade chegou! E agora?

Com a chegada da puberdade, chegam também muitas mudanças e dúvidas. E elas  acontecem simultaneamente.

A puberdade é uma fase de alteração morfológicas e fisiológicas que acontece no organismo, e que caracteriza a mudança da fase infantil para a adolescência.

Esta mudança é marcada por transformação biológicas de âmbito físico , psicológico e comportamental.

Não há uma idade exata para a chegada da puberdade, mas geralmente,  variações de maturação, acontecem entre a faixa etária de 12 à 14 anos para os meminos e de 10 à 13 anos para as meninas.

Estudos indicam que este quadro tem mudado, e a tendência é que nos próximos anos esse estatística caia ainda mais.

Ainda não se sabe, qual é a principal razão para esse fenômeno. Mas acredita-se que entre elas estão: a alimentação cada vez mais rica em gordura, maior exposição à radiação solar e o stress da vida urbana, que afetam diretamente as crianças.

Nesta fase, o corpo desenvolve-se física e mentalmente e é importante lembrar, que a fase da puberdade é uma variável, uma vez que muitos fatores são envolvidos.

Dentre os principais podemos citar: a genética, a etnia, influência do meio social (Convívio com indivíduos mais velhos, podem acelerar a puberdade), e diversos outros fatores biológicos e culturais.

É comum se observar mudanças como: crescimento de pêlos pubianos e nas axilas, crescimento dos testículos(meninos) e aparecimento das mamas, além dos diversos processos de mudanças que acontecem no organismo, como a produção de hormônios sexuais e também das oscilações emocionais, causadas pelas trasnformações hormonais que  o corpo sofre.

Os hormônios sexuais se diferem para os homens e as mulheres, mas não são totalmente exclusivos de cada sexo. Nos homens, os testículos secretam entre outros hormônios a testosterona e nas mulheres o ovário fabrica o estrógeno.

As gônadas e as supra renais de ambos os sexos produzem o estrógeno e testosterona, mas é variável a quantidade. As características biológicas são universais e ocorrem de forma semelhante em todos os seres humanos.

A puberdade também mexe com o emocional dos adolescentes e também em seu comportamento, principalmente em seu desejo sexual.

Tanto no menino quanto na menina, não proporciona apenas mudanças físicas mas, sobretudo, psicológicas. Nesta fases as alterações hormonais despertam nos adolescentes, sensibilidade sexual, trazendo também a mudança comportamental.

Por isso, esta fase requer diálogo com adolescentes que passam por momentos de constantes alterações, dúvidas e questionamentos, sobre o que está acontecendo com ele mesmo, pois eles acabaram de chegar em uma  fase caracterizada de procriação.

Masculino

- aumento de peso e estatura;
- oscilação com posterior entonação da voz;
- alargamento da omoplata (escápula /ombros);
- surgimento de pêlos nas regiões axilares (axila), inguinais (pubianos) e torácicos (peito);
- aumento em volume dos testículos e tamanho do pênis;
- crescimento de pêlos faciais (barba);
- desenvolvimento da massa muscular;
- início da produção de espermatozóides.

Feminino

- desenvolvimento das mamas
- princípio do ciclo menstrual;
- surgimento de pêlos nas regiões axilares (axila) e inguinais (pubianos);
- depósito de gordura nas nádegas, nos quadris e nas coxas;
- expansão óssea da cintura pélvica (bacia).

Equipe Filhos&Cia

Por Marcela França

 
Deixe seu comentário:
Nome:
E-mail* ( Seu e-mail não será divulgado! )
Comentário*
 
Gestação Semana a semana

E-mail

Senha