Publicidade
Sexta-feira, 15/12/2017
Busca
Buscar
Facebook
Twitter
RSS
Cadastre seu e-mail em nossa newsletter

Crianças de 2 a 6 anos

As melhores dicas de desenvolvimento, saúde, educação, comportamento e entretenimento para os pequenos.

A educação para as viagens de férias – parte II

A prevenção de acidentes é muito importante!

Crianças são muito rápidas e imprevisíveis. Em praias muito cheias podem desaparecer ou se afogar em questão de segundos. Por este motivo, “fique por perto”! Não se esqueça do lema da campanha de prevenção de acidentes da Sociedade Brasileira de Pediatria. É prudente colocar nas crianças pulseiras contendo dados como nome, telefone, endereço, facilitando a identificação em caso de desaparecimento.

Na hora do banho de mar, usar sempre bóias apropriadas e lembrar do ditado “água no umbigo é sinal de perigo”. Mesmo as crianças que sabem nadar não devem ultrapassar esta profundidade. Muitas doenças são transmitidas pela água contaminada, portanto deve-se evitar que as crianças engulam a água do mar (algo fácil de falar, mas muito difícil de realizar!). A areia contaminada pode causar também vários problemas de pele, como impetigo (infecções bacterianas) ou a larva migrans, o bicho geográfico. O ideal é sentá-las sobre uma esteira ou toalha evitando o contato direto com a areia.

Se o banho for de piscina, valem os mesmos cuidados anteriores em relação à exposição ao sol, proteção da pele e qualidade da água. As crianças não devem ficar sozinhas, pois as pequenas podem se afogar em pequenos espelhos de água, como os “lava-pés”. O ideal é que as piscinas sejam cercadas e trancadas fora do horário de uso. Muito cuidado com os mergulhos, é fundamental verificar antes a profundidade para evitar graves acidentes.

 Quanto aos alimentos, muito cuidado com aqueles oferecidos pelos ambulantes nas praias. As condições de higiene e conservação são muitas vezes precárias. Se possível, leve seus próprios alimentos, bem preparados, embalados, protegidos e conservados. As crianças devem ingerir muitos liquidos, como água, suco natural de frutas além de alimentos leves, como frutas, saladas e, por que não, sorvetes também.
Mas por favor, não se esqueça de juntar, recolher e dar destino apropriado a todo o lixo que produzir, para que no dia seguinte a praia esteja novamente bem limpa esperando por vocês… Os adultos devem evitar a ingestão abusiva do álcool, responsável por muitos acidentes graves.

Pode parecer desagradável falarmos em problemas e cuidados, na hora em que as pessoas estão pensando em coisas alegres, como férias e passeios. Porém, chato mesmo é ter de interromper as férias por doenças, acidentes ou problemas que poderiam ter sido prevenidos ou evitados com cuidados simples como os citados anteriormente.

O importante é que toda a família se divirta com muita segurança, alegria e saúde!

Boa viagem, boas férias!

Ruy do Amaral Pupo Filho
Pediatra, Sanitarista e Escritor

 
Deixe seu comentário:
Nome:
E-mail* ( Seu e-mail não será divulgado! )
Comentário*
 
Gestação Semana a semana

E-mail

Senha