Publicidade
Sabado, 23/09/2017
Busca
Buscar
Facebook
Twitter
RSS
Cadastre seu e-mail em nossa newsletter

Crianças de 2 a 6 anos

As melhores dicas de desenvolvimento, saúde, educação, comportamento e entretenimento para os pequenos.

A educação para a saúde

O que é saúde? Você já pensou nisso? Bom, talvez a resposta mais comum seja de que a saúde é a ausência de doenças. Mas esta resposta é muito limitada. Por isso a Organização  Mundial da Saúde – OMS – definiu saúde como “o perfeito bem-estar físico, psíquico e social de um indivíduo”.

 E mais recentemente a própria OMS ampliou este conceito, associando a idéia de saúde a uma condição adequada de moradia, emprego, transporte, lazer, alimentação e outros.

Desde cedo nossos filhos deveriam ser educados para se preocuparem com sua própria saúde, dentro deste conceito ampliado. Para ajudar a alcançar esse objetivo, alguns aspectos específicos, como educação sexual, prevenção  de uso de drogas e atividades esportivas, são abordados em outros artigos.

Além dos cuidados habituais com a alimentação, vacinas e outros, as crianças deveriam ter uma educação que as ensinasse desde pequenas sobre questões gerais de  saúde, como por exemplo as vantagens  do parto normal ou do aleitamento materno.

Todos os dias eu vejo nas maternidades, mães que estão amamentando seus bebês recém-nascidos, muito preocupadas porque “o leite ainda não veio”. Isto ocorre porque elas desconhecem um fato básico sobre o funcionamento do seu corpo. Nas primeiras setenta e duas horas após o parto, o seio produz o colostro, um alimento que tem um volume pequeno, mas é riquíssimo em defesas imunológicas para o bebê. E o leite mesmo, em grande quantidade, só vem após esse período inicial. Assim foi programado pela natureza, e o bebê saudável nada mais precisa além disso.

Mas alguém ensina isso para as crianças? Creio que não, com raríssimas exceções. Nem mesmo as mães que estão amamentando costumam aproveitar para ensinar seus filhos mais velhos sobre as maravilhas e os segredos do aleitamento.

E os brinquedos? O padrão de boneca com filho é aquela que já vem com mamadeira! Quantas bonecas que amamentam existem? Quando nossas crianças passarem a receber informações adequadas sobre as atitudes saudáveis, aí sim haverá esperança de melhorar as condições de saúde de nossa população.

Os conceitos relativos à saúde bucal também mudaram bastante nos últimos anos. Hoje se recomenda a limpeza da boca dos bebês, desde recém-nascidos. No início umas duas vezes ao dia, e após todas as mamadas, quando nascem os dentinhos.

Sabe-se também que a cárie tem um componente infecto-contagioso, ou seja, pode ser transmitida de um adulto para uma criança, por exemplo. É por esta razão que não se recomenda soprar para esfriar o alimento do bebê. Ou ainda, utilizar para alimentar o bebê a mesma colher que o adulto usou para provar a comida.

Os  conceitos mudam hoje  cada vez mais rápido. Os pais devem ficar atentos, e devem procurar conscientizar seus filhos, de forma natural e serena, sobre as questões da saúde.

Ruy do Amaral Pupo Filho
Pediatra, Sanitarista e Escritor

 
Deixe seu comentário:
Nome:
E-mail* ( Seu e-mail não será divulgado! )
Comentário*
 
Gestação Semana a semana

E-mail

Senha