Publicidade
Quarta-feira, 20/09/2017
Busca
Buscar
Facebook
Twitter
RSS
Cadastre seu e-mail em nossa newsletter

Crianças de 2 a 6 anos

As melhores dicas de desenvolvimento, saúde, educação, comportamento e entretenimento para os pequenos.

Hábitos saudáveis

Uma boa educação não se completa sem o desenvolvimento de hábitos saudáveis. Alimentação, sono, higiene pessoal, entre outros.

Já de início, é preciso deixar claro que as crianças precisam muito de rotinas, no que se refere aos hábitos saudáveis da vida diária. Ao lado dos estímulos para se desenvolver, as crianças precisam ter rotinas. Sua boa saúde física e mental depende disto. Elas devem ter horários fixos para se alimentar, para dormir e acordar, para ir a escola e realizar os deveres de casa. E também para o lazer.

Não se fala aqui em criar escravos do relógio ou indivíduos sem criatividade, presos a esquemas rígidos. Mas de estabelecer e manter as estruturas de rotina que vão sustentar os demais aspectos de uma vida infantil saudável.

Quanto ao sono, deve ser estabelecido um horário fixo, a ser obedecido rigorosamente.  Mesmo nos finais de semana não se deve fugir muito do esquema. A criança deve dormir no máximo às vinte e uma ou vinte e duas horas e acordar cedo, às sete ou oito horas por exemplo. Deve-se combinar os programas que poderão ser vistos à noite na televisão e a hora de desligá-la, bem como ao videogame  ou internet.

Na hora de dormir deve existir um “ritual” a ser rigorosamente seguido todos os dias. Por exemplo: apagar as luzes, deixando acesa uma luz secundária (com motivos infantis), bem fraquinha. Contar uma história curta, que pode ser a mesma (as crianças adoram repetições!) ou variada, conforme o gosto da criança. Pode-se ler um livro, estimulando na criança esse excelente hábito, ou então inventar uma historinha…

O ritual não deve ser longo e uma vez terminado, não deve ser repetido ou reiniciado em hipótese alguma, mesmo que a criança ainda não tenha adormecido. A maioria delas vai tentar um manobra para “espantar” o sono – seja firme! Claro que esta é apenas uma sugestão, cada criança e cada família podem criar o seu ritual, basta cumpri-lo diariamente.

Ruy do Amaral Pupo Filho
Pediatra, Sanitarista e Escritor

 
Deixe seu comentário:
Nome:
E-mail* ( Seu e-mail não será divulgado! )
Comentário*
 
Gestação Semana a semana

E-mail

Senha