Publicidade
Sabado, 23/09/2017
Busca
Buscar
Facebook
Twitter
RSS
Cadastre seu e-mail em nossa newsletter

Bebês até 1 ano

Tudo o que você precisa saber sobre as primeiras descobertas da criança estão aqui. Entenda o que acontece durante essa fase, desde recém nascidos até o primeiro ano de vida!

Meu bebê dorme muito – Sua pele está descamando

Meu bebê dorme muito. Isto é normal?

 Os recém-nascidos passam a  maior parte do tempo dormindo e isto é absolutamente normal. Entretanto alguns necessitam ser acordados  a intervalos regulares (de 3/3 horas) para mamar, mesmo durante a noite, caso contrário não ganham peso.

A melhor forma de acordar o bebê é tirar toda sua roupa, a pretexto de trocá-lo. Desta forma eles despertam bem e mamam melhor.

A pele está “descamando” – os problemas de pele.

A descamação da pele é muito freqüente,  principalmente nos bebês que nascem no tempo certo. E como se houvesse uma troca de pele. Devido a sua grande sensibilidade outros problemas podem ocorrer. Entre os mais comuns estão as irritações, também chamadas “brotoejas”, pequenos caroços vermelhos que podem aparecer em várias partes do corpo. Também é freqüente a miliária, pequenas bolinhas amareladas, de consistência dura e que se localizam no nariz e rosto, como se fossem “espinhas”. Ambas dispensam tratamento, na maioria dos casos.

Já o impetigo é uma infecção da pele. Formam-se bolhas amareladas que se rompem com facilidade e vão se espalhando, se não forem tratadas. O tratamento geralmente inclui sabonete anti-séptico e pomadas à base de antibióticos.

São também muito comuns as chamadas manchas mongólicas. São manchas arroxeadas ou azuladas, de tons e tamanhos variáveis que aparecem na região do final da coluna e das nádegas. Não têm nenhum significado especial e geralmente desaparecem nos primeiros anos de vida.

É bastante comum que os bebê apresentem “caspas”, que são chamadas de dermatite seborreica. Seu aparecimento pode estar relacionado a predisposição individual mais a ação de fatores irritantes locais. Deve-se evitar o uso de shampoos ou sabonetes muito perfumados e as vezes é necessário o uso de medicamentos (shampoos, soluções ou cremes) para resolver o problema.

São freqüentes ainda as manchas vermelho-vinhosas, os hemangiomas. Há vários tipos de hemangiomas, mas todos eles são originados por malformações congênitas dos vasos sangüíneos do local. É importante dizer que não estão relacionados com nada de errado que possa ocorrer durante a gravidez, como por exemplo a ingestão ou não de qualquer alimento. A verdadeira causa é desconhecida. Podem ocorrer em qualquer gestação, em  qualquer pessoa.

Os hemangiomas são comuns, e dependendo do tipo chegam a 50 % dos bebês. Os do tipo plano, na região da nuca, são os mais freqüentes. O sólidos, altos, em revelo, são menos comuns. Geralmente aguarda-se uma involução, que pode ocorrer nos primeiros meses de vida. Se isto não ocorrer ou se a lesão começar a crescer e incomodar, ou se houver traumas ou sangramentos no local, pode ser necessário um tratamento. Existem vários tipos de tratamentos com medicamentos, cirurgia, radioterapia e outros métodos físicos, dependendo do caso. O especialista leva em consideração a ocorrência em áreas mais sensíveis, como a genital, na hora de definir o tratamento.

O prognóstico dos hemangiomas depende de seu tipo e também de sua localização.

Ruy do Amaral Pupo Filho
Pediatra, Sanitarista e Escritor

 
Deixe seu comentário:
Nome:
E-mail* ( Seu e-mail não será divulgado! )
Comentário*
 
Gestação Semana a semana

E-mail

Senha