Publicidade
Quarta-feira, 13/12/2017
Busca
Buscar
Facebook
Twitter
RSS
Cadastre seu e-mail em nossa newsletter

Bebês até 1 ano

Tudo o que você precisa saber sobre as primeiras descobertas da criança estão aqui. Entenda o que acontece durante essa fase, desde recém nascidos até o primeiro ano de vida!

Cuidados de Rotina – Acidentes Domésticos

Outro tema abordado pelo pediatra é a prevenção de acidentes domésticos com crianças. Infelizmente eles são muito freqüentes e causam dor e sofrimento. Porém os acidentes são sempre os mesmos. Assim, conhecendo os principais perigos, é possível evitá-los!
É bom evitar o uso cordões, fitas ou correntinhas pois elas podem se enrolar no pescoço do bebê causando enforcamento. Caso use chupeta teste a borracha para ver se está firme e não se desprende com facilidade.
Nas primeiras semanas, cuidado redobrado deve ser tomado durante as mamadas noturnas. O cansaço acumulado pode fazer a mãe adormecer e derrubar o bebê ou deitar-se sobre ele sufocando-o.
Não se deve amamentar o bebê deitado horizontalmente pois além do risco de sufocação esta prática pode causar infecções de ouvido. O leite pode refluir da garganta para o ouvido através dos canais ali existentes.
O espaço entre as grades do berço deve ter no máximo 6 centímetros para evitar o risco do bebê passar partes do corpo para fora e ficar preso pela cabeça. Jamais deixar o bebê sozinho com outra criança pequena ou com animais domésticos. O uso do carrinho também requer cuidado porque ele pode virar ou correr caso não esteja bem equilibrado ou brecado.
Talco deve ser evitado mas caso a família opte por seu uso, muita atenção! Nunca aplicar uma grande quantidade de uma só vez diretamente no bebê. Pois isto pode criar uma “nuvem” que se for aspirada pode asfixiar a criança. Colocar apenas um pouco de talco nas mãos de quem vai aplicá-lo, longe do bebê.
Por incrível que possa parecer, graves queimaduras podem ocorrer na hora do banho. Antes de colocar a criança na água, deve-se experimentar a temperatura do banho com as costas das mãos, região de mais sensibilidade.
Nunca deixar a criança só na banheira ou no trocador, mesmo que por apenas alguns segundos. Uma boa norma é colocar por perto tudo de que se vai precisar antes de iniciar o banho ou troca da criança. Deve-se simplesmente ignorar o telefone ou a campainha caso não haja mais ninguém para olhar o bebê. Crianças pequenas podem se afogar em locais com pouca quantidade de água como banheiras, baldes ou lava-pés de piscinas.
Deve-se verificar o ambiente e as atitudes em relação ao bebê com olhos críticos verificando onde podem acontecer acidentes. Desta forma fica mais fácil preveni-los. Afinal, aqui também a prevenção é o melhor remédio.
Mesmo assim é bom ter um esquema preparado para o caso de ocorrer um acidente. Deixar sempre à mão o telefone e endereço do médico e do pronto-socorro infantil mais próximo é muito útil. Manter a calma ajuda a obter auxílio mais rapidamente e pode amenizar as conseqüências de um acidente.

Ruy do Amaral Pupo Filho
Pediatra, Sanitarista e Escritor

 
Deixe seu comentário:
Nome:
E-mail* ( Seu e-mail não será divulgado! )
Comentário*
 
Gestação Semana a semana

E-mail

Senha