Publicidade
Domingo, 17/12/2017
Busca
Buscar
Facebook
Twitter
RSS
Cadastre seu e-mail em nossa newsletter

Crianças de 2 a 6 anos

As melhores dicas de desenvolvimento, saúde, educação, comportamento e entretenimento para os pequenos.

Cada um, cada um – A Individualidade

Uma característica fundamental dos seres vivos, especialmente dos humanos, é a individualidade. Não existem duas pessoas iguais. Nem os gêmeos idênticos e nem mesmo, já sabe agora, os clones. Podem ser iguais na aparência, mas as personalidades são completamente diferentes. Aliás, a diversidade é uma das maiores riquezas da natureza…

Assim, nenhuma regra ou manual se aplica integralmente a todas as pessoas ao mesmo tempo. Sempre que se discutir educação de crianças, é preciso lembrar deste fato.

 Procure conhecer bem o temperamento de seu filho, que já começa a se definir ainda na vida intra-uterina. Cada bebê já nasce com sua personalidade definida. As ações dos pais e da sociedade vão apenas modificá-la, moldá-la, para melhor ou para pior.

 Observar um bebê na hora em que enfrenta alguma dificuldade ou frustração, ou se sente acuado, pode dar algumas pistas sobre a sua personalidade. Os bebês costumam reagir nestas situações através do choro ou de alguma reação física, empurrando ou chutando, como se estivessem brigando. 

Ao longo de muitos anos de prática, pude observar que esta reação frente às dificuldades pode ser agrupada em quatro formas básicas. Há os bebês que choram e brigam, e há os que só choram, mas não brigam. Existem ainda os que só brigam, mas não choram. E, por fim, há os que não choram nem brigam.

Estas características dos bebês se mantêm, de certa forma, até a vida adulta. Podemos reconhecer traços destes comportamentos em muitos adultos, basta observá-los em situações adversas.

 Os princípios gerais da educação servem para todos, mas a forma de aplicá-los deve levar em conta o jeito de cada criança. Há bebês que reagem bem a atitudes de diálogo e convencimento, enquanto outros só se educam com atitudes mais impositivas.

 Esta é apenas uma ilustração, um exemplo, de uma entre as muitas características que cada criança tem, e que devem ser bem conhecidas pelos pais. Há crianças que são curiosas, atiradas, seguras de si. Há os tímidos, inseguros, carentes. Observando bem a criança, muitos aspectos importantes de sua personalidade se revelarão.

 Cada um, cada um. Evite comparações, especialmente entre irmãos. Conhecendo bem seu filho, os pais poderão encontrar a melhor forma de educá-lo.

Ruy do Amaral Pupo Filho
Pediatra, Sanitarista e Escritor

 
Deixe seu comentário:
Nome:
E-mail* ( Seu e-mail não será divulgado! )
Comentário*
 
Gestação Semana a semana

E-mail

Senha